Educação

Jovens brasileiros aprendem inglês num intercâmbio muito especial com idosos norte-americanos

É muito bonito quando a gente vê pessoas, empresas e instituições incluindo o outro em suas práticas e, acima de tudo, valorizando-o.

Uma rede de escolas de inglês encontrou num lar de idosos dos Estados Unidos os interlocutores ideais para seus alunos, que carecem de uma vivência mais aprofundada na língua.

Os idosos desse lar, como de tantos outros, carecem de contato com os jovens. Ao se encontrarem, jovens, idosos e professores construíram uma forma de amenizar tantas carências. Tudo com a ajuda da tecnologia.

Por meio da internet, e de uma plataforma criada pela rede de escolas, os idosos fizeram amizade com os jovens brasileiros, que praticam a língua e, de quebra, ampliam a visão de mundo.

Os idoso se sentem úteis e valorizados. Alguns nunca tinham conhecido um brasileiro. Os jovens ganham ao ter contato com pessoas mais vividas e que têm muito a ensinar. A língua é só o canal.

Veja abaixo o vídeo do projeto. É uma peça de marketing, mas de um marketing que vale a pena e que faz sentido num mundo sustentável.

Leave a Reply