Economia

Santander Brasil é a empresa mais sustentável do mundo, segundo a revista Newsweek

A revista Newsweek acaba de divulgar o ranking anual das companhias mais sustentáveis do mundo e o Brasil está no topo da lista com o Banco Santander Brasil
.

Esta é a quarta edição do ranking – elaborado em parceria com a Trucost e a Sustainalytics – que a cada ano lista 500 grandes empresas são a partir dos critérios de pegadas de carbono (45%), gerencialmento corporativo (45%) e transparência (10%).

O Banco Santander Brasil desbancou a IBM, que encabeçou a lista nos últimos três anos, ao aplicar questionários ambientais aos futuros clientes.

Antes de conceder empréstimos e financiamentos, o banco dá orientações sobre práticas sustentáveis a quem recebeu “bandeira vermelha” pelas respostas dadas.

O também brasileiro Bradesco, que ontem anunciou lucro de R$ 2,9 bilhões de reais no 3o trimestre deste ano, ficou em terceiro lugar.

O banco criou uma organização sem fins lucrativos para proteger 10 milhões de hectares da Floresta Amazônica e doou mais de R$ 100 milhões de dólares para o plantio de 30 milhões de árvores nativas da Mata Atlântica.

Outras doze empresas brasileiras estão no ranking: Telefônica Brasil (20o), Banco Itaú (58o), Banco do Brasil (93o), Itausa-Investimentos Itaú (116o), Grupo Pão de Açúcar (179o), Eletrobrás (244o), Petrobras (309o), Vale (315o), Ambev (390o), BRF-Brasil Foods (403o), Gerdau (450o) e JBS (479o).

Um dado interessante é que os três primeiros lugares foram conquistados por empresas de países emergentes.

Em segundo lugar, entre o Santander e o Bradesco, está a indiana Winpro ficou em segundo lugar no ranking.

A companhia de serviços de tecnologia da informação acabou de receber o certificado LEED-Gold de sustentabilidade pelo centro de dados localizado na Carolina do Norte e lançou um projeto para transformar seus cinco campi em “zona de biodiversidade”.

Clique aqui para acessar o ranking.

Leave a Reply